Ouro Preto

Ouro Preto é uma das cidades mais famosas da Minas histórica, cidade que possui muitas obras e igrejas do barroco brasileiro. A cidade fica a 155 km de São João del Rei, 98 km de Belo Horizonte, 14 km de Mariana e a 56 km de Congonhas, todos os percussos podem ser feitos de carro ou de ônibus.

Se você tiver tempo, pode ficar 2 ou 3 dias para conhecer bem a cidade. A Praça Tiradentes é o primeiro ponto de visita na cidade. Essa praça foi o local onde a cabeça de Tiradentes foi exposta (1792) em Vila Rica, atual Ouro Preto.

Ainda na praça Tiradentes fica o Museu da Inconfidência que ocupa a antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica e mais quatro prédios auxiliares na cidade de Ouro Preto. O museu é dedicado à preservação da memória da Inconfidência Mineira e também oferece um rico painel da sociedade e cultura mineiras no período do ciclo do ouro e dos diamantes no século XVIII, incluindo obras de Manuel da Costa Ataíde e Aleijadinho.

IMG_5552

Ouro Preto possui muitas igrejas, uma das mais famosas é a Igreja de São Francisco de Assis construída em estilo Barroco, com elementos decorativos Rococó. É um dos monumentos mais significativos da arte colonial, uma das mais conhecidas igrejas brasileiras e uma das mais celebradas criações do mestre Aleijadinho, que elaborou o projeto básico da fachada e da decoração em relevos e talha dourada. Ali também se encontram trabalhos do Mestre Ataíde, o maior nome da pintura colonial brasileira, que decorou o teto da nave.

Outro importante igreja é a Basílica Menor Nossa Senhora do Pilar popularmente chamada Igreja Matriz Nossa Senhora do Pilar, é uma das edificações católicas mais conhecidas entre as que foram erguidas durante o Ciclo do Ouro. É monumento tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Está localizada na Praça Monsenhor Castilho Barbosa.

Bem ao lado da praça Tiradentes fica a Igreja Nossa Senhora do Carmo, igreja católica do século XVIII com obras de Aleijadinho e frontispício entalhado, altares e vista panorâmica.

Ouro Preto oferece ao menos vinte igrejas e capelas para visitação. Então é preciso priorizar a visita. Comece o tour pelas igrejas da cidade visitando as mais significativas em termos históricos e artísticos. Mesmo que essas igrejas estejam entre as mais populares e belas, elas não são as únicas. Caminhando por Ouro Preto você vai se deparar com outras igrejas, não deixe de entrar para descobrir o elas tem para te mostrar.

Não deixe de visitar a feira de artesanato de Ouro Preto. A tradicional feira está localizada na Praça São Francisco, ao lado da igreja de mesmo nome, a feirinha de Pedra Sabão é um dos atrativos para quem visita o centro de Ouro Preto. Na feira são vendidos artesanatos, como tabuleiros de jogos, esculturas, relógios e vasos. Grande parte dos produtos é fabricada no distrito de Santa Rita, e alguns processos de acabamento, como a decoração, são feitos em Ouro Preto.

Em Ouro Preto você pode visitar algumas das minas de onde eram retiradas toneladas de minérios e pedras preciosas. Durante a visita, os turistas entram nas minas e ouvem detalhes sobre como era a exploração nos locais e sobre o trabalho escravo nas minas. Os passeios são acompanhados por guias. As minas estão localizadas nos jardins de propriedades particulares e o custo médio do passeio é R$ 25.

Não deixe de ler o artigo sobre a Catedral de Tiradentes. Leia também sobre as cidades postadas aqui no blog sobre essa região, aproveite, e Viaje com Leandro.

 

Deixe uma resposta