Tiradentes

Tiradentes é uma cidade bem menor que suas vizinhas, então o ritmo é bem mais lento. As atrações não são muitas e tudo está bem concentrado no Centro Histórico. É lugar para passear sem pressa e curtir a vida passar. O importante é usar um calçado confortável, as ruas são de pedra, tome cuidado ao andar.

Tiradentes possui algumas capelas e igrejas que valem ser visitadas. A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foi erguida pela Irmandade dos Homens Pretos, na data provável de 1708. É preciso fazer pagamento simbólico sendo assim possível ver e fotografar seu interior, se estiver aberta. Era onde a Irmandade congregava, as pessoas escravizadas e os que já haviam conseguido sua alforria. O corpo do pintor do forro da nave, Manoel Victor de Jesus, foi sepultado na igreja. As estátuas são de santos negros.

A Igreja São João Evangelista fica no Largo do Sol, próximo à estátua de Tiradentes. É datada de 1760 e abriga imagens de São João Evangelista, São Francisco de Assis e Nossa Senhora das Dores. Segundo contam na cidade, os inconfidentes se reuniam na casa paroquial, onde hoje é o Museu Padre Toledo, interligado à igreja por um túnel.

A estátua de Tiradentes está muito bem conservada e está bem pertinho do Museu Casa de Padre Toledo. Vale uma paradinha para saber mais sobre a história do inconfidente mais importante da história do Brasil.

Considerado uma das maiores preciosidades arquitetônicas e bens culturais de Tiradentes, O Museu Casa Padre Toledo é o solar onde vivia Padre Toledo, um dos importantes nomes para a Inconfidência Mineira, hoje funciona como museu. A casa, de andar térreo e padrão colonial, reserva detalhes como os forros pintados, decoração rara na época. Hoje aberta à visitação de turistas.

Claro que é impossível visitar Tiradentes e não conhecer a Igreja Matriz de Santo Antônio, é o cartão postal da cidade. A igreja impressiona pela quantidade de ouro. Você pode ler o post completo sobre essa Igreja aqui no blog mesmo.

Uma boa maneira de conhecer mais sobre a história de Tiradentes e dar uma volta rápida pelo Centro Histórico são os passeios de charrete e de jardineira. As charretes estão entre as mais tradicionais imagens de Tiradentes. As charretes estão localizadas no Largo das Forras e o passeio dá direito a algumas paradinhas para fotos.

Visitar Tiradentes e não dar uma passadinha na vizinha São João del Rei é quase impossível. (Clique no link e leia o post completo sobre essa cidade aqui no blog). Vá de Maria Fumaça! O seu meio de locomoção de Tiradentes a São João del Rei, tome cuidado com os horários.

Não deixe de entrar nas lojas de Tiradentes, que sempre reservam boas surpresas. Vale também visitar o povoado vizinho, conhecido como Bichinho, onde há grande concentração de ateliês e lojas de móveis rústicos. E no caminho entre Tiradentes e Bichinho, você pode visitar o Museu do Automóvel da Estrada Real.

Guarde um pouco dinheiro da viagem para experimentar jantares nos restaurantes da cidade como o Pacco & Bacco, e Angatu. Em Tiradentes você pode experimentar os clássicos sabores mineiros, visite o Viradas do Largo e o Pau de Angu. Visite Tiradentes durante o Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, quando a cidade se volta para as delícias típicas e com alguns chefes convidados que preparam aquela refeição única.

Gostou das dicas? Aproveite e Viaje com Leandro.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.