Florença

Sempre foi um sonho meu conhecer Florença, ainda mais para um amante das artes, é a cidade por onde passaram Michelângelo, Leonardo da Vinci, Rafael, Filippo Brunelleschi, Giotto, Sandro Botticelli e muitos outros. Cidade referência da renascença italiana. Apesar de tão importante, a cidade não é muito grande, bem, pelo menos o centro histórico é bem compacto. Cheguei na cidade de trem, vindo de Roma, saltei na Stazione Centrale di Santa Maria Novella, de lá peguei um ônibus até o hotel, existem muitas opções, vai depender do endereço do seu hotel para escolher qual ônibus pegar e você pode comprar o bilhete no quiosque perto do ponto ou dentro do ônibus mesmo. Fiz quase tudo a pé, dá perfeitamente, é tudo bem perto, só peguei uma vez um ônibus para ir até a Piazzale Michelângelo, que fica bem no alto, subir a pé não era uma opção, a vista da cidade é deslumbrante.

Como eu estava conhecendo a Igreja di Santa Maria Novella, eu peguei o ônibus 12, poderia ser também o 13 que me levaria a Piazzale Michelângelo. Essa igreja foi construída entre 1279 e 1357 pelos dominicanos, sua fachada tem estilo românico.

Com jardins, claustros e diversas capelas importantes, essa igreja guarda obras de arte de grandes artistas. Na capela Tornabuoni encontramos o famoso ciclo de afrescos de Ghirlandaio, A vida de João Batista.

IMG_3094

Bem no centro, na nave central tem um grande crucifixo que fica pendurado no teto. O crucifixo foi realizado por Giotto, provavelmente no início do século XIV, para ficar no altar principal.

 

IMG_3101

O púlpito de mármore no segundo pilar à esquerda foi desenhado em 1443 por Filipo Brunelleschi, mas ele delegou a construção a Giovanni di Pietro del Ticcia. Brunelleschi também é autor do Crucifixo de madeira que se encontra à esquerda do altar principal.

IMG_3096

E bem em cima da porta principal, em formato arqueado está A Natividade 1476-1477,  afresco de Sandro Botticelli, este afresco sugere que originalmente ele teria servido como uma das lunetas da igreja.

Na Via Ricasoli, 60 fica Galleria dell´Accademia onde se encontra o Davi (1504) de Michelângelo, uma estátua colossal de 5,2m.

Nessa galeria existem outras obras também, não tão importantes como o Davi. Temos lá São Mateus, estátua inacabada de Michelângelo.

IMG_2986

Seguindo na rua da academia até a Piazza di San Giovanni, você vai encontrar o Batistério e o Duomo, duas impressionantes e lindas construções, ricamente decoradas exteriormente com mármores e relevos. É preciso comprar ingresso para o Batistério, em relação ao Duomo, somente precisa pegar o ingresso, a entrada é gratuita.

O Batistério, com seus portões de bronze do séc. IV, seria o edifício mais antigo de Florença, o campanário foi projetado por Giotto.

O Duomo se ergue no centro da cidade, Santa Maria dei Fiore, com sua cúpula construída por Brunelleschi quase 100 anos depois de sua construção, se encaixa perfeitamente no conceito inicial da igreja. Por fora ela impressiona muito, mas por dentro foi bem decepcionante, tirando as pinturas da cúpula, é uma igreja bem simples no seu interior.

Depois de aproveitar o Duomo e o Batistério, siga em direção da Piazza della Signoria. Logo você vai ver a Loggia dei Lanzi, construída em 1382 para os guarda-costas de Cosimo I (os Lanzi), hoje ela é recheada de estátuas romanas.

Ainda na Piazza della Signoria fica o Palazzo Vecchio, ou Palácio Velho, ainda é a prefeitura de Florença. É possível visitar por dentro. Construído em 1322 e guarda a estátua Vittória (1525) de Michelangelo, entre outras obras importantes. O Davi do lado de fora do palácio é uma réplica.

Seguindo em frente para a Piazzale Degli Uffizi, onde fica um dos mais importantes museus italianos, a Galleria Degli Uffzi. Impossível falar dessa Galleria aqui nesse post, ela merce um post único só para ela, mesmo assim não deixe de visitá-la. Construída entre 1560-80, abriga desde esculturas gregas e romanas até importantes obras de Rafael, Botticelli, Leonardo da Vinci, Michelangelo e Piero della Francesca.

IMG_2861

Após passar algumas horas vendo obras de arte incríveis, siga em direção do rio Arno para ver a Ponte Vecchio.  Famosa por ter uma quantidade de lojas (principalmente ourivesarias e joalharias) ao longo de toda sua extensão, acredita-se que tenha sido construída ainda na Roma Antiga e era feita originalmente de madeira. Foi destruída pelas cheias de 1333 e reconstruída em 1345. Consiste em três arcos, o maior deles com 30 metros de diâmetro.

Cruze a Ponte Vecchio em direção a Via de Guicciardini em direção ao Palazzo Pitti. Teve sua construção iniciada em 1457 e seu projeto é atribuído a Brunelleschi, esse enorme edifício hoje é um museu que exibe incontáveis tesouros.

Não deixe de aproveitar o Mercato Centrale de Florença, de dia ou de noite.

Florença

Leia sobre outras cidades da Itália aqui blog:

ArezzoMilãoVeronaVenezaVicenza, Roma, TivoliPisaPompéiaLuccaSan GeminianoSienaPistoiaCinque Terre.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s