Pistóia

 

Pistóia já foi cenário de violentas disputas medievais onde a arma predileta era uma minúscula adaga, conhecida como pistola. E os brasileiros mortos na segunda guerra mundial foram enterrados em Pistóia. Cheguei na cidade de trem vindo de Lucca, foi uma viagem curta de 40 minutos. A cidade é bem pequena, é possível ver tudo que interessa em algumas horas.

A catedral do San Zeno fica na Piazza del Duomo, principal praça de Pistóia. Datada do séc. XII e com diversos monumento funerários onde o mais bonito é o do amigo de Dante, Cino de Pistóia.

Sua fachada, em estilo românico de Pisa. Seu interior também bem bonito.

O Campanário da catedral de S. Zeno tem 67 metros de altura. Este antigo campanário erguido no séc. XII tem escadas com degraus altos e irregulares e passagens estreitas em diversos trechos.

IMG_3244

E é na Piazza del Duomo que todos os anos acontece a corrida do Palio. A cidade fica em festa no mês de julho onde, as pessoas caracterizadas desfilam pela cidade como nos tempos renascentistas e depois acontece a corrido dos cavalos (palio).

Na Piazza del Duomo fica o Batistério octogonal de 1359.

IMG_3238

Na Piazza San Giovanni fica a igreja de San Giovanni Evangelista, chamada San Giovanni Fuorcivitas, é um importante complexo românico no centro de Pistóia. O nome de Fuorcivitas lembra que a igreja, no momento da sua base longa, estava fora do primeiro círculo das muralhas da cidade. Fica Via Cavour bem ao lado da Piazza Garibaldi.

O antigo Palácio Episcopal de Pistóia, localizado na Piazza del Duomo foi construído no séc. XI no lugar do antigo mercado, onde o Imperador Ottone III havia doado ao bispo de Pistóia.

IMG_3243

O Palazzo Comunale também fica na Piazza del Duomo.

img_32601.jpg

Na Piazza dello Spirito Santo, em 1641 tiveram início as obras de construção do Colégio dos Jesuítas e em 1647 as da Igreja de Santo Inácio de Loyola, denominada a partir de 1774 como Chiesa allo Spirito Santo (Igreja do Espírito Santo), que representou para Pistóia o edifício “novo”, em relação às obras conduzidas nos edifícios de origem medieval.
A obra mais importante é o altar mor da igreja, para qual Giulio Rospigliosi recorreu a Gian Lorenzo Bernini, realizado em 1670 por Mattia de’Rossi.

A Piazza della Sala está localizada no centro histórico de Pistóia. Em 1529, um leão de arenito que segurava sua pata esquerda acima do brasão de xadrez da cidade foi colocado acima do poço para recordar o domínio definitivo de Florença sobre Pistóia. A partir desse momento, o poço tomou o nome de Pozzo del Leoncino.

Leia sobre outras cidades da Itália aqui blog:

MilãoVeronaVenezaVicenza, Roma, Florença, Pisa, PompéiaLucca, San Geminiano, Siena, Arezzo, Cinque Terre.

Anúncios

3 comentários sobre “Pistóia

  1. Pingback: Xales para cobrir – Viaje com Leandro

  2. Pingback: Pompéia, bate-volta de Roma. – Viaje com Leandro

  3. Pingback: Vale comprar o Roma Pass? – Viaje com Leandro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s