Frankfurt

Acabei conhecendo Frankfurt por acaso, não estava em nenhum roteiro meu de viagem. Mas como eu tinha 10 horas de conexão na cidade, resolvi aproveitar e conhecer, deu tempo suficiente para ver tudo e ainda sobrou tempo de ócio no aeroporto.

Foi bem fácil sair do aeroporto, ele tem uma estação de trem que vai até a Steigenberger Frankfurter HOF, estação principal da cidade, depois fiz tudo a pé mesmo.

20130726_135449

O primeiro museu que vi foi o Goethehaus ou Casa de Goethe, grande romancista e poeta alemão. O local foi destruído na segunda guerra e passou por ampla reforma.

A Paulskirche é uma das igrejas mais visitadas e importantes, monumento histórico para a cidade e país, já que foi o edifício do primeiro parlamento eleito em 1848 de forma democrática. A igreja foi construída entre 1789 e 1833 e foi utilizada como igreja protestante até ser lugar de reuniões do parlamento. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi totalmente destruída. Mais tarde, a igreja foi reconstruída e reinaugurada no centenário do Parlamento de Frankfurt, em 1948, sendo o primeiro edifício a ser reconstruído pós guerra.

A Paulplatz também é uma atração à parte, com seus edifícios com arquitetura típica e a estátua do movimento unitário.

Situado no centro da cidade velha, o Römer ou Römerberg é um dos cartões postais da cidade. Reúne casas do séc. XV a XVIII. A Altes Rathaus (antiga prefeitura) que são chamadas de Ostzeile, também está no Römer.

A Catedral de Frankfurt, oficialmente Catedral Imperial de São Bartolomeu (Kaiserdom Sankt Bartholomäus) é uma igreja gótica católica romana dedicada a São Bartolomeu. É o maior edifício religioso da cidade e uma antiga igreja colegiada. O prédio da igreja atual é a terceira igreja no mesmo local. Desde o final do século XIX, as escavações revelaram edifícios que remontam ao século VII.

Claro que Frankfurt é repleta de museus, igrejas e outras coisas para fazer, mas não deixe de aproveitar as margens do Rio Main ou Rio Meno, cujas nascentes – o Meno Branco e o Meno Vermelho – se localizam no norte da Baviera na região da Francônia. No seu percurso até o Rio Reno passa pelos estados da Baviera, Baden-Württemberg e Hessen.

Veja também os posts de Berlim e Freiburg im Breisgau.



Booking.com

Deixe uma resposta