Zipaquirá e Chia

Esse post resume algumas possibilidades do que fazer quando você estiver visitando Bogotá. A cidade de Zipaquirá faz parte do Departamento de Cundinamarca,  localizada a 49 km a norte de Bogotá. Existe a opção de ir de trem,  que anda muito devagar, sendo um trem velho, pode demorar a chegar. Existem muitas excursões saindo de Bogotá, como também você pode alugar um carro e ir por conta própria ou fazer como eu fiz, aluguei um carro com motorista.

A principal atração da cidade de Zipaquirá é a famosa Catedral de Sal. A Catedral antiga foi construída em 1950, a Catedral atual foi começada em 1991, 60 m por baixo da Catedral antiga. Confesso que fiquei bem incomodado a cada passo que dava cada vez mais para o fundo da mina.

O início da descida é muito bonito, tem um jogo de luz que muda rapidamente mostrando as bandeiras de alguns países, inclusive a do Brasil.

A Via Crucis: A porta de ingresso conduz ao túnel, ao longo do qual se encontram as estações da Via Crucis, que consistem em pequenos altares talhados em rocha de sal que representam os últimos momentos do Cristo. O túnel conduz para a Cúpula.

Depois chegamos na Cúpula, vimos a rampa de descida e as varandas: Chega-se então à rampa da descida principal. A seção intermédia parte desde a Cúpula, desde a qual se pode observar a cruz em baixo-relevo. Aí se pode descer para as varandas sobre as câmaras, o coro e as escadas do labirinto.

Dentro da Catedral existe uma Pietá, de autoria do escultor zipaquirenho Miguel Sopó.

Chía é um município do departamento de Cundinamarca. Conhecida como A Cidade da Lua, em referência à etimología de seu nome. Foi uma extensão do passeio à Zipaquirá.

Em Chía fizemos duas coisas, a primeira foi conhecer o famoso restaurante colombiano Andrés Carne Res. Famoso pela sua decoração única e seu serviço também inigualável.

Foi impossível registrar tudo que vimos de detalhes nesse restaurante.

Apesar dos preços salgados, a comida é excelente e o serviço também, ganhei uma dança e uma faixa.

O segundo ponto da visita à Chia foi o Castillo Marroquín. Este castelo foi erguido por volta de 1902, na fazenda do ex-presidente José Manuel Marroquín, por seu filho, Lorenzo Marroquín Osorio, sob a direção do arquiteto francês Gastón Lelarge e a colaboração dos mestres Julián Lombana e Demetrio Chávez.

O que a princípio seria um castelo de origens árabes, era sim um castelo construído baseado nos castelos franceses, Marroquín era o sobrenome dos donos. Mas existe sim uma lateral com influências orientais no castelo.

Leia o post completo sobre 4 dias em Bogotá e também o artigo sobre a Igreja de las Nieves também em Bogotá, aproveite e Viaje com Leandro.

 

Deixe uma resposta