Bratislava

Minha viagem até Bratislava não foi programada, na verdade o meu destino era Budapeste, eu vinha de Viena, mas na estrada, eu vi uma placa indicando que Bratislava era no caminho, então, porque não fazer um pequeno desvio para conhecer mais um país e uma capital.

Bratislava é a capital e principal cidade da Eslováquia, situada no sudoeste do país, junto da fronteira com a Áustria e da fronteira com a Hungria, tornando-se assim, na única capital europeia situada na fronteira do seu país com outros dois. A cidade é também cortada pelo rio Danúbio em seu curso. Com 427 mil habitantes, é a maior cidade do país. Cheguei na cidade de carro, aluguei na Eslovênia, passei uns dias na Áustria e segui caminho.

Achei que teria pelo menos um pedágio, ou alguma fronteira com guardas, nada, passei direto até entrar na cidade para estacionar o carro, consegui para em um estacionamento perto do castelo de Bratislava.

Castelo de Bratislava localiza-se no centro histórico da cidade no alto de uma colina, em posição dominante sobre o rio Danúbio, a sua construção iniciou-se no século X. As suas quatro torres nos vértices são consideradas o símbolo da cidade.

De fora é bastante imponente, mas por dentro é bastante sem graça. Como sofreu diversos incêndios e destruições ao logo dos séculos, todas as paredes são brancas, pouca coisa sobreviveu do castelo original, todas as salas são vazias, algumas tem exposições.

Não tem muita coisa para se fazer em Bratislava, realmente é caminhar pelo centro da cidade.  A Torre do Portão de São Miguel onde telhado, original gótico, construída em meados do século 14, foi modificado entre 1753 e 1758 para dar o seu atual estilo barroco. A torre de 51 metros tem sete andares. No topo da torre está uma estátua do arcanjo Miguel  matando um dragão. Na rua que passa pelo portão é o chamado “quilômetro zero”. Existe uma placa dourada, listando as distâncias de 29 capitais do mundo em relação a Bratislava.

Hlavné námestie  é a praça principal de Bratislava, que fica no bairro da Cidade Velha. É a praça central deste distrito da cidade, uma das praças mais famosas de Bratislava. Está localizado ao lado da Praça Františkánský, entre as ruas de Sedlárska e Radničná .

A praça principal é excepcionalmente rica em monumentos históricos e culturais, e há vários palácios aqui. O edifício mais importante da praça é o edifício histórico da Prefeitura antiga, os edifícios da embaixada do Japão, Grécia e França.

A Praça Franziskanske é uma praça também no bairro da Cidade Velha. Está localizado ao lado da Praça Principal. No período do socialismo, o nome da Praça Dibrovo.

Na praça há uma importante igreja e mosteiro franciscano, construído no final do século 13. Há também uma fonte com uma mulher com uma jarra. A fonte, foi construída após um incêndio na cidade, a estátua data de 1804.

Entre as atrações mais fotografadas são as estátuas de Bratislava. Elas ganharam fama mundial e sempre despertam a atenção de quem chega por aqui. Elas contam um pouco da história do país. A mais famosa das estátuas de Bratislava é a do observador – cumil, em eslovaco. Ela fica nas esquinas das ruas Laurinská e Panská, na Cidade Velha.

O que muita gente nem imagina, é que a estátua é uma crítica ao regime comunista que vigorou no país, de 1948 a 1989, quando o país ainda fazia parte da antiga Tchecoslováquia.

 

 

Booking.com

Deixe uma resposta