Gödöllő

Gödöllő é uma cidade da Hungria situada no Condado de Peste, a cerca de 30 km dos arredores de Budapeste. Foi algo inusitado conhecer essa pequena cidade, nunca tinha ouvido falar até conhecer um viajante em Viena.  É bem difícil encontrar qualquer informação sobre essa cidade na língua portuguesa, acho que esse post vai ser o primeiro.

Cheguei na cidade de trem, um trem bem lento, levamos quase uma hora para percorrer 30 km.

O seu principal ponto de visitação é o famoso Palácio de Gödöllő e seus jardins, um magnífico palácio barroco construído no século XVIII para a aristocrática família Grassalkovich, que serviu mais tarde de residência de Verão aos soberanos da Casa de Habsburgo. O palácio é um dos maiores e mais importantes monumentos da arquitetura barroca húngara.

Esse castelo pertenceu à Rainha Erzsébet ou Elizabeth, considerada a Rainha do Húngaros. Infelizmente não era permitido tirar fotos dentro do castelo. Mas pode visitar o jardim real que se encontra aberto ao público (a entrada é gratuita).

Depois fui conhecer a pequena cidade que mais parece um cenário de filme, tudo arrumadinho e limpo.

Em Gödöllő tem um Gongo da Paz Mundial na praça Szabadság (Liberdade) sendo o quinto do mundo. Foi doado pela Indonésia como um presente e um símbolo da amizade mundial.  O Gongo foi oferecido a Gödöllő em 2007 como um reconhecimento do avanço na civilização, tecnologia e economia e das circunstâncias sociais pacíficas em GödöllőO gongo pesa 150 kg; é uma relíquia de círculo de bronze de 2m de diâmetro. O gongo foi inaugurado em 2 de maio de 2007.

Em Gödöllő exite uma pequena igreja evangélica, sua pedra fundamental foi colocada em 15 de setembro de 1929A construção das paredes foi feita por  György Raffa, um empreiteiro de construção em Vác, o telhado pela empresa Trautman, uma empresa de Pest, e outros trabalhos foram feitos por artesãos locais. Os bancos, candelabros e altares foram doados por famílias locais.

Um outro ponto de interesse na cidade é o Parque ErzsébetApós a morte da rainha Elisabeth, vários parques foram construídos no país para comemorar sua amada rainha. Em resposta ao convite do Ministro da Agricultura Ignác Darányi, mais de três milhões de árvores foram plantadas no país e mais de 100 parques foram criados, o mais impressionante foi o Parque Erzsébet em Gödöllő.

O Túmulo dela é mais impressionante que o parque.

Gostou do post? Aproveite e Viaje com Leandro.

Deixe uma resposta