Ciudad del Este

Sempre que ouvia algum comentário sobre o Paraguai, todos, sem exceção eram horríveis. Desde de que me entendo por gente. Fiquei bastante apreensivo pensando na possibilidade de cruzar a fronteira, claro que não perderia a oportunidade, mas estava muito receoso, principalmente com os comentários recentes sobre a abordagem agressiva dos vendedores na fronteira. Não tinha pretensão nenhuma de comprar nada eletrônico, claro que não resisti.

Fui de ônibus comum, daqueles urbanos que custou R$5,25, o ponto fica fora do Terminal de Transporte Urbano de Foz do Iguaçu. Os ônibus não eram dos melhores, mas foi no mínimo curioso e tudo pode ser pago em Real.

Mas foi uma grata surpresa. Optei em ir no domingo, quando os camelôs estão de folga, o que evitou essas abordagens e também facilitou passar pela fronteira, pois já escutei que durante a semana e aos sábados, o tempo mínimo é de 4 horas, eu levei 10 minutos e ninguém sequer pediu para ver meu passaporte, nem na ida, nem na volta, também é possível mostrar a identidade.

Como o meu objetivo era simplesmente ir ao Museu 3D, não me preocupei em fazer compras. O Museu fica no shopping Paris, do lado esquerdo de quem chega no Paraguai. Um shopping estilo de Miami, e para minha surpresa, no terceiro andar tem o shopping China, com todos os eletrônicos possíveis e muitas coisas mais, não resisti, comprei coisas ao preço de EUA, e posso afirmar que tudo está funcionando muito bem.

IMG_4425

Mas antes do Museu abrir, eu tive que esperar, então resolvi dar uma voltinha pela Ciudad del Este. Para minha surpresa, saindo da confusão da fronteira, a cidade é bem organizada e bonita, como não planejei nenhum tour, o que me arrependo, consegui chegar até os cassinos.

IMG_4440

E também conheci a Catedral de Ciudad del Este que se chama Catedral de San Blás e se assemelha à forma de um navio, construída em 1964 com esculturas de pedra, é de estilo europeu.

Depois dessa pequena esticada, voltei para conhecer o Museu 3D e posso te dizer que foi uma experiência incrível. Também paguei em Real e ainda pedi um desconto. Outra coisa que me impressionou no Paraguai foi a facilidade dos paraguaios em falar português, quase sem sotaque, realmente fiquei chocado.

Localizado no primeiro piso do Shopping Paris, o Museu tem cerca de 4 mil metros quadrados e foi desenvolvido por cerca de 40 artistas plásticos, de várias partes do mundo. O atrativo demorou um ano para ficar pronto. Os artistas implantaram técnicas de pintura para ampliar a ilusão de ótica. Isso faz com que o visitante consiga tirar fotos e fazer vídeos de ângulos que dão a impressão que a paisagem é real.

O espaço contém 10 salas, divididas em cinco áreas com mais de 100 imagens. O Museu ainda tem um ambiente tecnológico, salas de realidade virtual, além de um labirinto de espelho.  Foi bastante cansativo, o museu é bem grande e tem muita coisa para ver, mas valeu cada segundo e cada centavo.

Veja também o post de Foz do Iguaçu e as cataratas e de Puerto Iguassú e as cataratas na Argentina.



Booking.com

 

Deixe uma resposta