Albi

Sede do departamento de Tarn, Albi situa-se sobre o rio Tarn, próxima às vinhas de Gaillac, do planalto cordais e da floresta de Grésigne. Fica a 80 km de Toulouse, mais ou menos uma hora de trem.

Como em várias cidades francesas, Albi também um símbolo que homenageia os mortos nas guerras que a França lutou.

O Parque Rochegude, o pulmão verde de Albi tem quatro hectares em torno de três partes distintas, o Renaissance Hotel, agora biblioteca municipal e espaço de exposição, a caixa cortada de jardins franceses pontilhada com balsas e laranjal a seção em estilo inglês abaixo, no local da antiga fazenda com horta, prados e pomares. 

Jardim clássico francês, jardim inglês, ilha de pássaro, árvores notáveis, cachoeira … tudo o convida a relaxar no parque Rochegude. Criado no século XIX, este parque público era originalmente um parque privado, o do almirante Pascal de Rochegude.

A igreja colegiada e o claustro de Saint Salvi, batizada com o nome do 1º bispo da cidade de Albi no século VI, ergue-se orgulhosamente na esquina da Place Sainte-Cécile desde o século XI. Esta igreja é uma das maiores igrejas românicas de Albi

A catedral Sainte-Cécile de Albi é o primeiro destino turístico mais visitado da cidade episcopal reconhecida pela UNESCO. Sainte-Cécile, a maior catedral de tijolos do mundo. Seu estilo gótico meridional a distingue de outras catedrais Francesas. Sua imagem austera e defensiva justifica seu tamanho.

A Igreja possui uma entrada lateral e não frontal como as igrejas em geral. É o único elemento em pedra encrustado nos tijolos.

É sob o grande Órgão que encontramos a mais antiga representação do Julgamento Final do século XV. Isto oferece uma imagem fabulosa onde o Céu, o Purgatório e o Inferno estão expostos ao longo de mais de 200 m 2 de superfície. Na parte inferior, as punições dos 7 pecados mortais não passam despercebidos. Com certeza o interior da catedral vai deixar você sem palavras, eu fiquei.

É a maior catedral pintada do mundo, todas as paredes são revestidas de imagens, uma coisa impressionante.

Um muro de pedra branca separa a igreja em duas partes: a nave e a capela-mor. Além do muro de pedra, encontramos o alto coro canônico que foi recentemente renovado. O corredor em torno da capela-mor apresenta estátuas de pedra esculpidas por artesãos da Borgonha, vale observar todos os detalhes das roupas, as características de rostos, dobras da pele … estes aspectos nos dão a sensação de que podem acordar a qualquer momento. As 200 estátuas fazem desta obra do final da Idade Média uma das mais importantes da França. 

A sala do tesouro e dos arquivos, o cofre, contém todos os tipos de objetos preciosos dos séculos XIV ao XIX. Outro tesouro, o fac-símile do Mapamundi é exposto de junho a setembro. Preservado há mais de 1300 anos pelos Albigeois, o Mapamundi é um testemunho inestimável da história da humanidade que deve ser descoberta.

Palácio Berbie é um antigo palácio episcopal. Construído na segunda metade do século XIII, o projeto exigiu cinquenta anos. Foi classificado como um monumento histórico em 1862, desde 2010, é um Patrimônio Mundial da UNESCO por sua participação no conjunto arquitetônico. Ele está perto da catedral de Sainte-Cécile, e ele compartilha os tijolos vermelhos.

Desde 1924, abriga o museu Toulouse-Lautrec , dedicado ao pintor Henri de Toulouse-Lautrec, natural de Albi. Abriga a mais importante coleção de obras do artista.

Classificada como monumento histórico, a ponte velha de Albi foi construída em 1040, uma das pontes mais antigas da França utilizadas para circulação.

Gostou das dicas? Aproveite e Viaje com Leandro.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.