Annecy

DSC02730
Gare de Annecy

Annecy fica a 2 horas de trem de Lyon, o caminho até Annecy é deslumbrante, principalmente no inverno, as saídas são da estação Par Dieu e foi uma das cidades mais recomendadas dessa região da França, por isso a minha expectativa era bem alta. Posso dizer que me decepcionei um pouco. Tive a mesma sensação que em Aix-en-Provence, a cidade é confusa, eu me perdi nas direções, o escritório de turismo não estava aberto, não pude pegar um “plan de ville”. Para algumas cidade nem precisa, para outras faz muita falta.

O que mais gosto quando chego em uma cidade pequena é sair da estação de trem e sentir o sentido da cidade, o que não aconteceu em Annecy, fui para o lado errado, custei à achar as atrações como Palais de L´isle do século XII, que era uma prisão, claro que o canal Thiou eu achei rápido.

DSC02740

Palácio de l’Isle é uma construção do século XI numa pequena ilha do ribeiro Thiou efluente do Lago de Annecy. Desde 1974 o Palácio de l’Isle está inscrito ao patrimônio histórico da França.

Utilizada diferentes vezes como prisão está transformado hoje em museu, mas também se pode visitar para ver as antigas salas de audiência, as células dos prisioneiros assim como a capela.

Outra atração de Annecy é o Château d´Annecy, situado no alto de uma colina, acima da cidade, que hoje em dia é um museu de belas artes.

DSC02753

O que realmente valeu minha visita à essa cidade foi o lago de Annecy. Impressionante a sua beleza, parecia que eu estava em outro mundo.

DSC02774

Quando eu cheguei, nem acreditei em tamanha beleza.

DSC02782

Parece foto de cartão postal.

DSC02795

Para quem gosta de igrejas como eu, perto do lago tem uma Igreja chamada Notre Dame de Liesse, um prédio lindo, enorme, bem conservado e sem ninguém dentro. Fundada na segunda parte do século XIV pelos condes de Genebra.

DSC02802

O interior da Igreja

DSC02807

Basílica da Visitação, erguido no Crêt Moor, que é o primeiro sopé do Maciço Semnoz aparece como dominante Annecy, é o símbolo do prestigioso passado religioso da cidade.
A basílica foi construída de 1909 a 1930 sobre os planos do arquiteto de Grenoble Alfred-Henri Recoura. Um primeiro projeto, já concluído, foi dirigido por Henry Ade no final do séc. XIX, mas foi, no entanto, rejeitada em favor da basílica atual. 

Gostou das dicas? Aproveite e Viaje com Leandro!

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.