Mont Saint-Michel

Envolto pela névoa, cercado pelo mar, o Mont-St-Michel é uma das mais encantadoras vistas da França. Hoje unido ao continente por uma passarela. Localizado na fronteira entre a Normandia e a Bretanha, o Mont-St-Michel é uma visita indispensável. Eu peguei uma excursão de Paris, fiz um bate e volta, apesar de não gostar de excursões, foi mais simples do que ir de carro ou pegar vários meios de transporte. O ideal na minha opinião, seria ficar uma noite em algum hotel para poder aproveitar mais.

A primeira visão é inesquecível, quando o ônibus foi se aproximando e de repente naquele descampado, aponta o Mont-St-Michel.

DSC01712

Salto de Gautier, que fica no final da escadaria interna, tem esse nome do prisioneiro que pulou dali para a morte.

DSC01759

A entrada principal.

DSC01716

A Grande Rue, hoje repleta de restaurantes, era um caminho percorrido pelos peregrinos desde o século XII, passando pela Église St-Pierre vai até os portões da abadia.

DSC01724

A abadia protegida por muros altos, ocupam uma posição privilegiada na ilha.

DSC01760

O belíssimo claustro com suas colunas finas e duplas.

Todo o mobiliário foi destruído durante a revolução francesa.

A partir do século X, os beneditinos se instalaram na abadia e na base do morro surgiu uma aldeia. Hoje em dia nesse local aparece uma única rua, cheia de lojinhas de suvenires, pousadas e restaurantes. A abadia do Monte-St- Michel, hoje cheia de turistas é o segundo mais importante ponto de visitação turística da França.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s