Rouen

Rouen foi fundada no ponto mais baixo do Sena, prosperou, tornando-se uma cidade rica e refinada. Conhecida por sua impressionante catedral, eternizada nos quadros de Monet e também por que foi a cidade onde Joana D´Arc foi queimada na place du Vieux-Marché.

Essa obra prima da arte gótica, a Cathédrale de Noter-Dame conhecida pela fachada pintada por Monet. Acima da lanterna da torre central fica a agulha neogótica em ferro fundido. Os seus tesouros são acessíveis apenas com visita guiada, entre eles está o coração de Ricardo Coração de Leão.

A Église St-Maclou em estilo gótico flamboyant possui uma fachada oeste decorada, com pórtico em volta do pátio quadrangular.

Outro ponto turístico muito famoso de Rouen é o Gros-Horloge. Apesar de Horloge ser uma palavra feminina, nesse caso, temos uma masculina Gros e não Grosse. O relógio está instalado em um arco Renascentista cruzando a Rue du Gros-Horloge. O mecanismo é um dos mais antigos na França, o movimento foi feito em 1389. A construção do relógio foi iniciado por Jourdain del Leche que não tinha a experiência necessária para terminar a tarefa, o trabalho foi concluído por Jean de Felain, que se tornou o primeiro a ocupar o cargo de governador do relógio. O relógio foi originalmente construído sem um mostrador, uma fachada foi adicionada em 1529 quando o relógio foi deslocado para a sua posição atual. A fachada Renascentista representa um sol dourado com 24 raios em um fundo azul estrelado.

O tribunal Rouen ou Palais de Justice foi construído na cidade a partir do final do século XV. Tornou-se Parlamento da Normandia,  sob o reinado de Francisco I em 1515, abriga o tribunal desde a Revolução Francesa e  foi classificado como monumento histórico pela lista de 1840.

20150729_154400

Foi na place du Vieux-Marché, em plena Guerra dos Cem Anos que Joana d’Arc foi queimada viva em 30 de maio de 1431. Foi também o local habitual de execuções. Uma grande cruz foi erguida no local da pira. No meio da praça, foram identificados os restos da antiga igreja Saint-Sauveur. Hoje é uma praça animada, em torno da qual encontramos restaurantes e bares.

O Átrio St-Maclou é um antigo cemitério que data do século XVI, localizada no número 186 da rue Martainville. É um exemplo raro deste tipo de ossuário remanescente na Europa. Foi objeto de classificação como monumento histórico pela lista de 1862.

Deixe uma resposta