Dalkey

Dalkey (/ dɒːkiː /; irlandês: Deilginis, que significa “ilha espinho”) é um subúrbio e balneário ao sul da cidade de Dublin. Foi fundada como um assentamento Viking e tornou-se um importante porto durante a Idade Média. Foi uma das portas através do qual as pragas entraram na Irlanda no século XIV. Nos tempos modernos, Dalkey se tornou um subúrbio à beira-mar próspera e uma atração turística. Ele tem sido o lar de muitos escritores e celebridades, incluindo Jane Emily Herbert, Maeve Binchy, Hugh Leonard, Bono, Van Morrison e Enya. É só pegar o trem (DART) no centro de Dublin e seguir até a Dalkey Station, leva-se mais ou menos uma meia hora para chegar.

dsc01871

Passear pelas ruas de Dalkey é um prazer extra, uma cidade pequena e que dá vontade de morar. Na própria Dalkey Street aproveite para olhar as lojas e as mercearias.

Com certeza a principal atração de Dalkey é o Dalkey Castle que é composto de uma casa fortificada estrutura / pequeno castelo, uma igreja cristã primitiva e um cemitério. Há visitas guiadas todos os dias. A experiência do visitante inclui uma peça de teatro interativo ao vivo com atores fantasiados, eu gostei muito. Você pode subir até topo do castelo com sua magnífica vista para o mar e as montanhas.

Depois da visita ao castelo, fui caminhando até o mar para conhecer a Dalkey Island que, embora a ilha seja atualmente desabitada, os restos de casas, uma igreja e da Torre Martello ainda existem. Localizado a menos de 300 metros fora do continente, a ilha dispõe de 9 hectares (22 acres). Essa ilha foi onde os Vikings ficaram quando chegaram na costa da Irlanda.

Deixe uma resposta