Lisboa

Lisboa é uma cidade deslumbrante, você se sente em casa, muito parecida com o Rio de Janeiro, principalmente os cariocas vão se identificar e adorar passear pelas ruas da capital portuguesa.

Da praça do Rossio é possível ver no alto, o Castelo de São Jorge. Que foi retomado para a cidade pelo Rei Afonso Henriques em 1147.

Além da visão única da cidade vista do alto.

Com um ar totalmente medieval o Castelo de São Jorge é uma atração única da cidade.

Perto da Praça do Rossio fica o famoso Elevador de Santa Justa, que liga a Baixa ao bairro do Carmo que data de 1901.

Seguindo pela rua Auguta em direção ao rio Tejo, você vai encontrar a Praça do Comércio, que fica à beira do rio, uma belíssima construção com um maravilhoso arco.

Da Praça do Comércio você pode pegar um bonde, aqueles bem antigos que vai te levar até Belém onde estão os monumentos mais famoso de Lisboa. Como o Mosteiro dos Jerônimos, um monumento à riqueza da era dos descobrimentos. Encomendado em 1501 por Manuel I, o mosteiro foi confiado à ordem dos Jerônimos até 1834.  Dentro, você pode ver o túmulo de Vasco da Gama e o “Túmulo” de Dom Sebastião que está vazio esperando a sua volta da batalha na qual foi morto em 1578.

Atravessando até as margens do rio Tejo que mais parece um mar de tão grande, você chega até o calçadão onde está o Monumento aos Navegantes.

Seguindo pelo calçadão, andando um pouco, chegaremos na famosa Torre de Belém, ponto de partidas dos navegadores, construída para ser uma fortaleza no meio do Tejo em 1515 por Manuel I.

O Museu Nacional dos Coches também no bairro de Belém, dedicado às carruagens, funciona na antiga escola de equitação do Palácio de Belém. As carruagens que estão lá abrangem três séculos, com modelos variados e bastante exagerados.

Um lugar imperdível no bairro de Belém é a famosa pastelaria dos pastéis de Belém.

Em 1837, inicia-se a fabricação dos “Pastéis de Belém”, em instalações anexas à refinação, segundo a antiga “receita secreta”. Transmitida e exclusivamente conhecida pelos mestres pasteleiros que os fabricam artesanalmente. Esta receita mantém-se a mesma até aos dias de hoje. Com seus azulejos deslumbrantes, de fora você não tem noção de como ela é grande. Dê uma parada para saborear os pastéis e curtir a pastelaria em si.

Não deixe de visitar localizado na Grande Lisboa, o Oceanário de Lisboa. Também as margens do Rio Tejo, é o segundo maior do mundo. O metrô deixa um pouco longe (Cabo Ruivo), é preciso andar um pouco até chegar.

Veja também as outras cidades de Portugal aqui no Blog:

Alcobaça, Aveiro, Braga, Cascais, Coimbra, Guimarães, Óbidos, Porto, Sintra e Viseu

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s