Viseu

Famosa pelos seus vinhos tintos aveludados e pelas iguarias gastronômicas, a cidade está a meio caminho entre o Porto e Coimbra, o distrito de Viseu fica no coração da sub-região Dão-Lafões, uma paisagem formada por densos pinhais, rios cristalinos e alguns dos mais famosos vinhedos do país.

Cheguei de carro na cidade vindo de Coimbra, fiz uma pequena passagem por essa encantadora cidade, em poucas horas deu para perceber sua beleza e imponência.

Dona de belas igrejas, claro que não deixei nenhuma passar desapercebida. A Sé de Viseu começou a ganhar forma no século XII, em pleno reinado de D. Afonso Henriques. Inicia-se então a construção de uma catedral no estilo românico. Apesar de restar muito pouco desta edificação, alguns autores classificaram um capitel, vegetalista, datado dos finais do século XII, bem como um portal lateral (a Sul) do século XIII, que dá hoje acesso ao claustro, como sendo elementos prováveis do edifício original.

IMG_1860

Em seu interior, apesar das várias transformações com o passar dos anos, vemos muitos elementos do Barroco português e claro que não poderia faltar os famosos azulejos.

Por falar em azulejos, podemos ver em vários pontos da cidade a sua marcante presença.

IMG_1880

A Igreja da Misericórdia de Viseu é uma igreja que fica situada em frente da Sé de Viseu. Possui uma fachada rococó, da segunda metade do século XVIII.

Começou a ser edificada em 1775, sendo o mestre pedreiro Antônio da Costa Faro o responsável pela obra e talvez também o autor do desenho da fachada, que apresenta muitas semelhanças com o da Igreja dos Terceiros, também em Viseu. O corpo central da fachada prolonga-se por mais dois corpos laterais, dando à igreja um ar de solar ou uma casa, nos últimos se assentam as duas torres dos sinos.

IMG_1861

A praça Dom Duarte que se situa na parte histórica da cidade, dá nome à estátua que possui, do rei de Portugal no período de 1391 a 1438. Uma praça muito simples e imponente, fica logo embaixo da praça que abriga a Sé de Viseu e a Igreja da Misericórdia.

Com uma estátua do Monarca Português, Dom Duarte também conhecido como Edward foi o 11º Rei de Portugal. Ele era filho do rei João I e de Filipa de Lancaster. Edward tornou-se rei em 1433, quando seu pai morreu vitimado por uma praga e governou até 1438. Ele casou-se com Eleanor de Aragão em 22 de Setembro 22 de 1428, eles tiveram 9 filhos. Ele também teve um filho de Joana Manuel de Vilhena. Ele veio a falecer na cidade de Tomar, também vitimado por uma praga.

Com suas belas ruas e praças floridas, Viseu é com certeza uma opção de parada em Portugal.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s